Pular para o conteúdo principal

Dom Carlos Tasso no Rio de Janeiro



Sua Alteza o Príncipe Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburg-Gotha e Bragança, Príncipe do Brasil e Barão de Taxis-Bordogna-Valnigra, esteve esta semana no Rio de Janeiro, onde num prestigiado evento no terraço do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, acompanhado pela edição do “Blog Monarquia Já”, foi lançado o livro “Dom Pedro II na Alemanha – Uma amizade tradicional”, no Rio de Janeiro. 

Encerrando a tradicional reunião da Comissão de Pesquisas Históricas – CEPHAS, do IHGB, Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburg-Gotha e Bragança, depois de ser acolhido por confrades do Instituto e grande quantidade de admiradores, falou sobre seu ilustre antepassado (trisavô), fundador e grande benemérito daquele importante reduto intelectual, o Imperador Dom Pedro II. Num discurso carregado de fatos históricos e ricamente elaborado, Dom Carlos reforçou a postura de honestidade e comprometimento daquele estadista, afirmando que “Dom Pedro II foi um exemplo para os políticos de hoje, empreendendo, as próprias custas, viagens de instrução, que beneficiaram o Brasil. Mesmo que para isso se endividasse, fizesse empréstimos – prestações”. 


Na fala de agradecimento, o presidente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Dr. Arno Wehling, agradeceu a presença de todos, apresentando o recente livro de Dom Carlos, agradecendo-o, formalmente, pela recente doação do documentos referentes às correspondências de Dom Pedro II com a atriz italiana Adelaide Ristori.  

Depois do encerramento dos protocolos da CEPHAS, Dr. Arno Wehling convidou os presentes para o cocktail de lançamento do livro, no terraço da instituição.


No evento, destacou-se a presença do Abade Emérito do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, Dom José Palmeiro Mendes, OSB, além de Dom Philippe Tasso de Saxe-Coburg-Gotha e Bragança, dos Embaixadores Senhor Alberto da Costa e Silva e Senhor Gonçalo de Barros Carvalho e Mello Mourão, da escritora Isabel Lustosa e dos monarquistas Professor Otto de Alencar, Paulo Fernando de Albuquerque Maranhão, Leda Machado, Luciano Cavalcanti de Albuquerque, Jean Menezes do Carmo e Antonio Gameiro.  

Créditos: Blog Monarquia Já. 

Comentários

Matérias mais lidas da Revista

S.A.S. o Príncipe D. Andrea Trivulzio-Galli, Duque de Mesolcina, surpreende participando em live sobre cachimbos

  Sua Alteza Sereníssima o Príncipe D. Andrea III Gonzaga Trivulzio-Galli, Duque de Mesolcina  (34), Chefe da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, Alvito e Castel Goffredo , sempre  famoso por sua discrição , e por quase sempre apenas aceitar dar entrevistas e declarações por escrito, surpreendeu a muitos participando de uma Live, onde falou de um de seus mais conhecidos gostos. S.A.S. o Príncipe e Duque de Mesolcina , Príncipe do Sacro Império Romano, participou em uma live no YouTube , no Canal "Tabacos Dalberto", onde falou sobre um de seus hobbies: pipar cachimbo . Além de falar sobre etiqueta na hora de pipar, Sua Alteza também respondeu a perguntas das pessoas que o estavam assistindo, algo verdadeiramente inédito se tratando do Príncipe D. Andrea.  Veja o vídeo aqui: Esbanjando simpatia , o Príncipe de 34 anos respondeu as perguntas do seu entrevistador, mas principalmente, das dezenas de pessoas que assistiram a transmissão ao vivo. Respondeu também, de forma inédit

As atividades da Grã-Princesa Maria da Rússia

 Poucas pessoas sabem, mas a Família Imperial Russa não foi totalmente eliminada pelos comunistas, na revolução de 1917 . O Grão-Príncipe Cyril da Rússia conseguiu fugir , juntamente com sua esposa, a Princesa Victória Melita de Saxe-Coburg e Gotha, e o filho recém nascido de ambos, o Grão-Príncipe Vladmimir da Rússia. Com a morte do Imperador Nicolau II da Rússia , o Grão-Príncipe Cyril tornou-se o Chefe da Casa Imperial Russa , e chegou mesmo a ser coroado Imperador da Rússia no exílio, como Cyril I da Rússia , mantendo-se como Imperador Titular até sua morte, em 1938, quando foi seguido por seu filho, o Grão-Príncipe Vladimir da Rússia, que também declarou-se "Imperador e Autocrata de todas as Rússias" no exílio, como Vladimir I da Rússia .  Do casamento de Vladimir I com a Princesa Leonilda Georgievna Bragation-Mukhrani , membro de um ramo cadete, o dos Príncipes de Mukrani, da Casa Real da Geórgia . Desse casamento nasceu uma filha, a Grã-Princesa Maria Vladimirovna da

Príncipe Leka da Albânia leva surra da ex-mulher

  O Príncipe Leka II Zogu , um dos pretendentes ao extinto Trono da Albânia, como descendente do Rei Zog I, levou uma surra da sua ex-mulher, Elia , e do pai desta. O Príncipe Leka e Elia Zaharia separaram-se , e inicialmente comentava-se que o divórcio devia-se a alguma infidelidade de Leka, porém, agora, outros contornos dão-se ao fato: pode ser que o Príncipe Leka Zogu tenha pedido o divórcio para escapar das surras que levava da ex-esposa. O casal tem uma filha, a Princesa Geraldine Zugu . Foi justamente a uma visita do Príncipe Leka a casa de sua ex-esposa, que tem a guarda da filha, que o Chefe da Família Zogu levou uma boa surra de sua ex-mulher, aos gritos de " você é uma fraude ", e investiga-se se o pai de Elia tenha ajudado a agredir o ex genro.  Tudo ficou ainda mais escandaloso , quando o Príncipe Leka filmou a gritaria, e sem o menor pudor, publicou nas redes sociais, veja o vídeo: O Príncipe Leka não é o único pretendente ao extinto Trono da Albânia , uma vez q