Pular para o conteúdo principal

Casamento da Princesa Amélia de Orléans-Bragança com o Sr. James Spearman


Aconteceu hoje, sábado, dia 16 de agosto de 2014, o casamento entre Sua Alteza Real a Princesa Amélia de Orléans-Bragança com o Sr. James Spearman. A cerimônia aconteceu na Proto-Catedral de Nossa Senhora do Monte Carmelo da Antiga Sé do Rio de Janeiro. 

Compareceram à cerimônia 300 convidados, entre eles representantes da Casa Imperial do Brasil (Bragança) da Casa Imperial da Áustria (Habsburg), da Casa Real da Baviera (Wittelsbach), da Casa Real das Duas Sicílias (Bourbon), e das Famílias Principescas de Mônaco (Grimaldi), Mesolcina (Trivulzio-Galli) e Liechtenstein (von und zu Liechtenstein), e da Casa Principesca de Oréans-Bragança. 


A noiva, que até o dia de ontem era intitulada de "Sua Alteza Imperial & Real a Princesa Dona Amélia do Brasil", passou a ser apenas "Sua Alteza Real a Princesa Amélia de Orléans-Bragança, Sra. Spearman". Isso ocorreu pelo motivo de noivo, descendente de uma das famílias mais antigas da Escócia, ter sido considerado um plebeu pela Corte Imperial Brasileira, oque levou a Princesa a perder seu título imperial.

Haviam algumas esperanças de que Sua Alteza Imperial o Príncipe Dom Luiz do Brasil, Duque de Santa Cruz, Chefe da Casa Imperial Brasileira, considerasse o casamento como Dinástico, oque levaria os futuros filhos do casal a estarem na Linha de Sucessão ao Trono do Brasil, porém estas esperanças foram frustradas por um pronunciamento ocorrido no último dia 12, no qual o Duque de Santa Cruz anunciou que o casamento não seria reconhecido pela Casa Imperial como sendo Dinástico.

A noiva entra na Igreja levada por seu pai, Sua Alteza Imperial o Príncipe Dom Antônio do Brasil.

A Princesa teve então duas opções: ou renunciava a seus títulos como uma Infanta Brasileira e mantinha as boas relações familiares, ou casava-se sem o fazer, tendo assim um casamento morganático, no qual os filhos da união seriam considerados "banidos" pela Casa Imperial. A noiva, sabiamente, optou pela primeira opção. 

Assim Dona Amélia perdeu o tratamento de "Dona", passou a ser só Amélia. Perdeu também o tratamento de Alteza Imperial (tratamento não dado pela Constituição de 1824, mas garantido mesmo assim aos Príncipes do Brasil), deixou se ser uma Princesa do Brasil, e passou a ser apenas Princesa de Orléans-Bragança, título de origem franco-brasileira, que dá ao portador o tratamento de Alteza Real, perdeu também seu lugar na Linha de Sucessão, sendo que, até então ocupava o 4º lugar, logo após seu irmão, o Príncipe Doma Rafael (3º lugar), de seu pai o Príncipe Dom Antônio (2º lugar), e de seu tio o Príncipe Imperial do Brasil (1º lugar), uma vez que o Príncipe Dom Luiz já ocupa titularmente o Trono do Brasil (por isso, obviamente, não ocupa o 1º lugar na linha de sucessão, como muitos imaginam).   


O Chefe da Casa Imperial do Brasil não compareceu a Cerimônia, como era de se esperar, uma vez que não reconheceu o casamento como digno de gerar futuros herdeiros ao Império do Brasil. 

O casal viverá em Londres, onde ambos trabalham. 

Comentários

  1. nossa ta na hora cria uma nova regra de sucessão , não gostei , se o duque queria muda -se as regras e pronto mania

    ResponderExcluir
  2. Embora até seja a favor de mudanças na regra consentudinária da família imperial no que tange a continuar a ter direitos ao trono, muito me entristece esse casamento. Preferiria que ela se casasse com um príncipe de alguma casa principiesca.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Matérias mais lidas da Revista

S.A.S. o Príncipe D. Andrea Trivulzio-Galli, Duque de Mesolcina, surpreende participando em live sobre cachimbos

  Sua Alteza Sereníssima o Príncipe D. Andrea III Gonzaga Trivulzio-Galli, Duque de Mesolcina  (34), Chefe da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, Alvito e Castel Goffredo , sempre  famoso por sua discrição , e por quase sempre apenas aceitar dar entrevistas e declarações por escrito, surpreendeu a muitos participando de uma Live, onde falou de um de seus mais conhecidos gostos. S.A.S. o Príncipe e Duque de Mesolcina , Príncipe do Sacro Império Romano, participou em uma live no YouTube , no Canal "Tabacos Dalberto", onde falou sobre um de seus hobbies: pipar cachimbo . Além de falar sobre etiqueta na hora de pipar, Sua Alteza também respondeu a perguntas das pessoas que o estavam assistindo, algo verdadeiramente inédito se tratando do Príncipe D. Andrea.  Veja o vídeo aqui: Esbanjando simpatia , o Príncipe de 34 anos respondeu as perguntas do seu entrevistador, mas principalmente, das dezenas de pessoas que assistiram a transmissão ao vivo. Respondeu também, de forma inédit

As atividades da Grã-Princesa Maria da Rússia

 Poucas pessoas sabem, mas a Família Imperial Russa não foi totalmente eliminada pelos comunistas, na revolução de 1917 . O Grão-Príncipe Cyril da Rússia conseguiu fugir , juntamente com sua esposa, a Princesa Victória Melita de Saxe-Coburg e Gotha, e o filho recém nascido de ambos, o Grão-Príncipe Vladmimir da Rússia. Com a morte do Imperador Nicolau II da Rússia , o Grão-Príncipe Cyril tornou-se o Chefe da Casa Imperial Russa , e chegou mesmo a ser coroado Imperador da Rússia no exílio, como Cyril I da Rússia , mantendo-se como Imperador Titular até sua morte, em 1938, quando foi seguido por seu filho, o Grão-Príncipe Vladimir da Rússia, que também declarou-se "Imperador e Autocrata de todas as Rússias" no exílio, como Vladimir I da Rússia .  Do casamento de Vladimir I com a Princesa Leonilda Georgievna Bragation-Mukhrani , membro de um ramo cadete, o dos Príncipes de Mukrani, da Casa Real da Geórgia . Desse casamento nasceu uma filha, a Grã-Princesa Maria Vladimirovna da

Príncipe Leka da Albânia leva surra da ex-mulher

  O Príncipe Leka II Zogu , um dos pretendentes ao extinto Trono da Albânia, como descendente do Rei Zog I, levou uma surra da sua ex-mulher, Elia , e do pai desta. O Príncipe Leka e Elia Zaharia separaram-se , e inicialmente comentava-se que o divórcio devia-se a alguma infidelidade de Leka, porém, agora, outros contornos dão-se ao fato: pode ser que o Príncipe Leka Zogu tenha pedido o divórcio para escapar das surras que levava da ex-esposa. O casal tem uma filha, a Princesa Geraldine Zugu . Foi justamente a uma visita do Príncipe Leka a casa de sua ex-esposa, que tem a guarda da filha, que o Chefe da Família Zogu levou uma boa surra de sua ex-mulher, aos gritos de " você é uma fraude ", e investiga-se se o pai de Elia tenha ajudado a agredir o ex genro.  Tudo ficou ainda mais escandaloso , quando o Príncipe Leka filmou a gritaria, e sem o menor pudor, publicou nas redes sociais, veja o vídeo: O Príncipe Leka não é o único pretendente ao extinto Trono da Albânia , uma vez q