Pular para o conteúdo principal

CRÔNICAS DO IMPÉRIO: O curioso caso do Barão de Penedo, nobre brasileiro que abriu mão da carreira diplomática, por lealdade ao Imperador do Brasil



Hoje a Revista Mundo da Nobreza inicia uma nova Coluna, chamada de "Crônicas do Império". Tal Coluna, sob a direção de Sir João Paulo Souza dos Santos, contará sobre fatos curiosos da vida imperial brasileira.


BARÃO DE PENEDO – O DIPLOMATA QUE NÃO QUIS SERVIR A REPÚBLICA POR LEALDADE AO IMPERADOR.

Quando do advento da “proclamação da república” através do golpe de 15 de novembro de 1889, o então diplomata do Brasil em Paris (antes em Londres) Francisco Inácio de Carvalho Moreira, barão de Penedo (1816 – 1906), recusou servir a república por amor e lealdade ao Império e ao Imperador. Rui Barbosa na condição de ministro da Fazenda comunicou o prestigiado ministro do Brasil na Europa e o convidou a servir o novo regime, a resposta foi um belo NÃO.

Paris, 23 de novembro de 1889.

Exmo. Sr. Conselheiro Rui Barbosa.

Em telegrama de 18 de corrente, junto por cópia, resumindo os acontecimentos extraordinários sobrevindos do Rio de Janeiro, comunica-se V. Exa. achar-se constituída a República dos Estados Unidos do Brasil; ter já partido para a Europa o Imperador e a Família Imperial; estar organizado um Governo Provisório do qual faz parte V. Exa. como ministro da Fazenda; e conclui dizendo – “que o Governo Provisório espera o concurso ativo do meu patriotismo, experiência e consideração na Europa”.

Em resposta à sua atenciosa comunicação, cumpre-me dizer a V. Exa. que, há quase quarenta anos, tenho tido a honra de representar o Brasil na América e na Europa como ministro do Imperador; e não é, ao findar tão longa carreira diplomática, que me seria possível, sem esquecer todo o meu passado, entrar no serviço de um novo regime, destinado à substituir a Monarquia abolida no Brasil.

É geralmente sabida por todos, que me conhecem no meu país e na Europa, a dedicação profunda que sempre atribui ao meu Venerável Monarca, a quem sou devedor de amizade e gratidão. Estes sentimentos para com Ele, hoje destronizado, são ainda, se é possível, para mim mais respeitáveis; e tornaram-me incompatível com o novo estado de cousas.

Facilmente, pois, compreenderá V. Exa. ser-me absolutamente impossível acender à expectativa do Governo Provisório, enunciada de modo tão benevolente por V. Exa. o que muito lhe agradeço.

Sou com todo respeito.

De V. Exa.

Barão de Penedo.

Penedo mantinha-se fiel e jogava em face de Deodoro, seu co-estaduano, o lugar de ministro do Brasil em Paris.

“...há quase quarenta anos, tenho tido a honra de representar o Brasil na América e na Europa como ministro do IMPERADOR” e nessa qualidade empenhava-se por findar a sua carreira.


Comentários

Matérias mais lidas da Revista

S.A.S. o Príncipe D. Andrea Trivulzio-Galli, Duque de Mesolcina, surpreende participando em live sobre cachimbos

  Sua Alteza Sereníssima o Príncipe D. Andrea III Gonzaga Trivulzio-Galli, Duque de Mesolcina  (34), Chefe da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, Alvito e Castel Goffredo , sempre  famoso por sua discrição , e por quase sempre apenas aceitar dar entrevistas e declarações por escrito, surpreendeu a muitos participando de uma Live, onde falou de um de seus mais conhecidos gostos. S.A.S. o Príncipe e Duque de Mesolcina , Príncipe do Sacro Império Romano, participou em uma live no YouTube , no Canal "Tabacos Dalberto", onde falou sobre um de seus hobbies: pipar cachimbo . Além de falar sobre etiqueta na hora de pipar, Sua Alteza também respondeu a perguntas das pessoas que o estavam assistindo, algo verdadeiramente inédito se tratando do Príncipe D. Andrea.  Veja o vídeo aqui: Esbanjando simpatia , o Príncipe de 34 anos respondeu as perguntas do seu entrevistador, mas principalmente, das dezenas de pessoas que assistiram a transmissão ao vivo. Respondeu também, de forma inédit

As atividades da Grã-Princesa Maria da Rússia

 Poucas pessoas sabem, mas a Família Imperial Russa não foi totalmente eliminada pelos comunistas, na revolução de 1917 . O Grão-Príncipe Cyril da Rússia conseguiu fugir , juntamente com sua esposa, a Princesa Victória Melita de Saxe-Coburg e Gotha, e o filho recém nascido de ambos, o Grão-Príncipe Vladmimir da Rússia. Com a morte do Imperador Nicolau II da Rússia , o Grão-Príncipe Cyril tornou-se o Chefe da Casa Imperial Russa , e chegou mesmo a ser coroado Imperador da Rússia no exílio, como Cyril I da Rússia , mantendo-se como Imperador Titular até sua morte, em 1938, quando foi seguido por seu filho, o Grão-Príncipe Vladimir da Rússia, que também declarou-se "Imperador e Autocrata de todas as Rússias" no exílio, como Vladimir I da Rússia .  Do casamento de Vladimir I com a Princesa Leonilda Georgievna Bragation-Mukhrani , membro de um ramo cadete, o dos Príncipes de Mukrani, da Casa Real da Geórgia . Desse casamento nasceu uma filha, a Grã-Princesa Maria Vladimirovna da

Príncipe Leka da Albânia leva surra da ex-mulher

  O Príncipe Leka II Zogu , um dos pretendentes ao extinto Trono da Albânia, como descendente do Rei Zog I, levou uma surra da sua ex-mulher, Elia , e do pai desta. O Príncipe Leka e Elia Zaharia separaram-se , e inicialmente comentava-se que o divórcio devia-se a alguma infidelidade de Leka, porém, agora, outros contornos dão-se ao fato: pode ser que o Príncipe Leka Zogu tenha pedido o divórcio para escapar das surras que levava da ex-esposa. O casal tem uma filha, a Princesa Geraldine Zugu . Foi justamente a uma visita do Príncipe Leka a casa de sua ex-esposa, que tem a guarda da filha, que o Chefe da Família Zogu levou uma boa surra de sua ex-mulher, aos gritos de " você é uma fraude ", e investiga-se se o pai de Elia tenha ajudado a agredir o ex genro.  Tudo ficou ainda mais escandaloso , quando o Príncipe Leka filmou a gritaria, e sem o menor pudor, publicou nas redes sociais, veja o vídeo: O Príncipe Leka não é o único pretendente ao extinto Trono da Albânia , uma vez q